Início do cabeçalho do portal da UFERSA

UFERSA no Combate ao COVID-19

O que é?

Descoberto no fim de 2019 após o primeiro caso ter sido registrado na China, o coronavírus se trata de uma família de vírus que causam infecções respiratórias, de modo que o novo agente provoca a doença chamada de Covid-19.

De acordo com descrição do Ministério da Saúde do Brasil, a maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1…

Como transmite?

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de toque do aperto de mão é a principal forma de contágio; gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, objetos ou superfícies contaminadas como celulares, mesas, maçanetas, brinquedos e teclados de computador etc.

Quais os sintomas?

Os sintomas mais comuns são febre e tosse ou dificuldade para respirar, além de outros sintomas gripais.

É possível se proteger?

Sim, é! As dicas são:

  1. Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão ou então higienize com álcool em gel 70%.
  2. Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
  3. Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.
  4. Mantenha uma distância mínima cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
  5. Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote uma onda amigável sem contato físico, mas sempre com sorriso no rosto.
  6. Higienize com frequência o celular e brinquedos das crianças.
  7. Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  8. Evite aglomerações e mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  9. Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente, idosos e doentes crônicos e fique em casa até melhorar.
  10. Durma bem, tenha uma alimentação saudável e faça atividade física.

Na página do Ministério da Saúde, acompanhe mais informações sobre a definição, tratamento, boletim epidemiológico, Plano de Contingenciamento e o combate às Fake News.

30 de março de 2020. Visualizações: 444. Última modificação: 24/10/2020 21:15:35